11.5.15

O que eu li + Book Haul: Março

Sim, esse post está atrasado; sim, eu tenho postado pouco no blog. 
Não sei se continuo pedindo desculpas, ou se jogo tudo pro alto e digo "dane-se, gente, eu sou assim e isso não vai mudar". Mas na verdade eu quero mudar e voltar a postar mais seguido. Inclusive, quero continuar escrevendo sobre filmes e música - se vocês notarem, faz um tempo que não sai nada desse tipo. E claro, voltar a escrever resenhas/opiniões sobre livro também. Eu acho que sei escrever, mas eu tenho certeza que a falta de tudo isso, não só das resenhas de livros, é a preguiça. =/ 

Mas enfim, vamos ao que interessa. 

Esse mês li várias coisas, mas não li vários livros. Porém, eu já acho que foi relevante. Ainda mais que li o Sejamos Todos Feministas, da Chimamanda, e foi o meu preferido do mês. Todos deviam ler e repensar sobre o Feminismo. 
As leituras de hqs e mangás têm me agradado demais, então vou continuar lendo muita coisa desse tipo. Ainda mais que comprei um tablet e agora posso baixar (ixi, pode falar isso aqui? haha) muuuitos quadrinhos!
O Book Haul  - que sempre é maior que as leituras -  tá incrível; comprei bastante coisa legal, mas já me prometi que vou tentar comprar menos (o que não aconteceu em Abril, mas vocês verão no próximo post =P).



25.3.15

O que li + Book Haul: Fevereiro

Não sei o que eu estava pensando que não havia feito esse post dos lidos+book haul de Fevereiro! Acho que estou ficando caduca/louca. Sei lá, hahaha. 

Quem não notou o FAIL escrito ali no cantinho na imagem do vídeo, eu digo: esse mês foi fail total, tanto em leituras quanto em compras. Mas digo mais: não descarto a possibilidade disso acontecer de novo esse ano.

Enfim, fiz apenas três leituras, e dessas três minha preferida, com certeza, foi o quadrinho Vincent, da Barbara Stok. Gostaria que ele fosse um pouco maior, mais abrangente na vida de Van Gogh, porém, a proposta da autora deve ter sido essa mesma, os últimos momentos de Vincent.
Não Sou Uma Dessas foi uma leitura agradável e fácil. Não achei horrível como alguns disseram, e também não achei maravilhoso como outros acharam, mas é uma leitura válida. 
Continuo lendo Sailor Moon. Só que já tá acabando, snif! 



19.3.15

Nowplaying #1

Nowplaying é/era uma hashtag que eu via no Twitter, quando ele ainda era legal - agora todas as redes sociais estão ficando muuuui chatas e popzinhas e cheia dessa gente falando coisas irritantes, da moda e mimimis... Mas enfim. Isso para explicar que essas músicas que eu estou ouvindo agora/nesse momento não irei mais compartilhar no Twitter, postarei aqui. Pronto. 



Passei o dia me sentindo sem propósito. Sem sentido. Então, achei que escutar The Smiths me faria entender e entrar nessa fossa (???).

Provavelmente passarei a madrugada ouvindo também.




Bons Sonhos
...para mim, só sonhos.

8.3.15

Leia Mulheres

Imagem do projeto de 2014
Para entender: 
A escritora Joanna Walsh propôs fazer de 2014 um ano para discutir a desigualdade de gênero no mundo da literatura e promover um equilíbrio nesse sentido. Por que editamos, publicamos, traduzimos, divulgamos, estudamos, discutimos menos a produção de ficção e de não ficção de mulheres? O que fazer para mudar isso? Ler as obras de escritoras, valorizar outras profissionais mulheres do mundo editorial. - See more at: http://leiamulheres2014.tumblr.com/#sthash.AblFy3vK.dpuf

9.2.15

O que eu li + Book Haul: Dezembro/Janeiro

Os vídeos de lidos de Dezembro e Janeiro demoraram tanto para sair, que se juntaram em um só; junto com o Book Haul, claro!  
Em Dezembro até que li mais do que comprei, mas em Janeiro li quase nada e comprei muito, haha. É  a vida (de bibliófila xD). 

Fiz ótimas leituras em Dezembro, e uma delas virou um dos meus livros favoritos da vida: Precisamos Falar Sobre o Kevin. Ótimo, arrebatador, denso; espetacular. Falarei melhor dele em vídeo, ainda, mas provavelmente só em Março. Tentem aguardar até lá.

Já em Janeiro, não consegui terminar tudo que comecei a ler, infelizmente. Crime e Castigo ficou parado, assim como A Desumanização. Vamos ver como as coisas andam agora em Fevereiro - mas também não prometo nada.