Quando Coldplay é melhor lançando música de filme que álbum novo

O título desse post já diz tudo. E sim, eu sou fã-chata-pa-caraleo! Que faz trocentos posts reclamando da fase nova (tá, só fiz um e esse aqui =P). 
Maaas apesar de ser fã, sempre vejo as notícias atrasada, então tem gente que provavelmente já sabia e não me contou. Whatever. 

Miracles é linda. Como sempre, o que eles conseguem fazer quando não é música de trabalho deles. E infelizmente é assim mesmo, lidem com isso. 
Foi exclusivamente escrita para o filme e tem a mesma pegada que a música Atlas de Catching Fire: som novo com pegada de Coldplay antigo (no instrumental até lembra a fase de agora, mas o vocal é o velho Coldplay). 
Se é para escolher música favorita das atuais, escolho, sem pestanejar, essas duas. 


Aliás, assistam ao filme. Deem um pouco de crédito para mulheres na direção. Angelina Jolie não está perfeita, mas já mostrou que consegue fazer algo digno de atenção. 

;) 




Bons Sonhos

2 comentários

  1. Eu tenho um esquema de amor e indiferença com Coldplay. Para mim, é música de fundo, de elevador. Claro que tem algumas que ficam - mas isso do "antes", de quando, sei lá, a MTV existia. Defino Coldplay como um som meio "nada" que ouço entre as bandas e artistas que venho conhecendo.
    Ok, pode me matar por isso.
    Mas também, de certa maneira, significa que não largo deles. Há anos estou nesse esquema.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas acho que é bem isso mesmo. Tenho notado que escuto eles bem menos que antes, mas que nunca os largo, hehehe.

      Excluir

Obrigada pelo comentário \o/
Responderei assim que for possível ;)